POEMA: BLOGOSFERA

Ser blogueiro é uma tarefa que exige paciência. Tudo começa devagar, é preciso perseverança para seguir em frente. Por isso pode ser frustrante no início. Mas com o tempo, isso muda. Passamos a conhecer outras pessoas, blogueiros assim como nós, que também decidiram seguir esse caminho.

Ao longo desse ano, conheci muita gente bacana. É uma relação que se fortalece a cada post, a cada curtir, a cada comentário. O mais interessante e belo, é que mesmo sem se conhecer pessoalmente, todo mundo se ajuda. É uma grande cooperação, sempre se incentivando.

Decidi escrever um poema que refletisse essa minha experiência no mundo dos blogs. Tentei escrever de maneira descontraída e utilizando alguns termos típicos desse mundo digital. Espero que goste! Continuar lendo “POEMA: BLOGOSFERA”

POEMA: BLOGOSFERA

OUTRO LADO ARTÍSTICO

Escrever é uma arte. Considero qualquer tipo de escrita uma arte, o que vai dizer se é boa arte, ou não, é a qualidade do texto. Como qualquer pessoa que visita meu blog pode ver, escrever é algo do qual gosto muito. A escrita é uma arte peculiar, pois quem escreve possui apenas as palavras como ferramenta de trabalho, com a ajuda da imaginação do leitor.

Toda pessoa que desenvolve alguma forma de arte, não fica apenas em uma, apesar de possuir um foco principal, sempre há outra maneira de expressão artística que lhe interessará. É comum ver, por exemplo, atores que são grandes cantores, ou o contrário, entre diversos outros exemplos que poderiam ser citados — o importante aqui é a ideia central do que quero dizer.

Sempre gostei de desenhos animados, principalmente quando eu era criança. Era uma alegria acordar cedo aos sábados para assistir meus personagens favoritos (hoje em dia acordar cedo em um sábado é o pior dos pesadelos). Eu sempre imaginava como os desenhos eram produzidos, como as pessoas faziam para o que era visto na tela se movimentasse. Já na adolescência, aprendi como tudo isso funciona. Meu primeiro contato, após os flip books, foi com o programa Flash, na época pertencente à Macromedia, que foi comprada pela Adobe. Continuar lendo “OUTRO LADO ARTÍSTICO”

OUTRO LADO ARTÍSTICO

O PAI PROVEDOR

Um homem passa por diversas etapas durante sua vida, umas mais fáceis, outras que se mostram um imenso desafio. Podemos situar a etapa de ser pai entre as mais desafiadoras. Há aqueles que escolhem inserir essa etapa em suas  vidas, assim como existem os que encaram essa tarefa meio que por acidente, meio sem querer.

Ser pai não é algo simples e nem todos conseguem desenvolver esse papel de maneira positiva. Como é possível observar, em cada função, ou em cada papel, há quem se destaca, e há quem falha, quem encontra dificuldades.

Refletindo acerca desse pensamento, podemos conceituar pais dos mais diversos tipos. Nesse post, pretendo analisar apenas dois desses tipos: o pai provedor, e o pai ideal. Todo homem é igual e diferente ao mesmo tempo. Mesmo que cresçam em ambientes completamente distintos, certas circunstâncias estarão presentes na vida de todos em determinado momento. Esses conceitos que estou criando, serão explicados no decorrer do texto, com uma análise sobre o que é ser homem e como isso implica em ser pai. Continuar lendo “O PAI PROVEDOR”

O PAI PROVEDOR

7 DICAS PARA TURBINAR SEU BLOG

Este blog foi criado em 2015 com o intuito de apresentar e compartilhar minha experiência ao terminar a leitura de um livro — a ideia era não apenas escrever uma resenha, mas sim tentar sempre trazer algo a mais, uma visão mais ampla. De lá para cá, ampliei um pouco a gama de conteúdo com o passar dos meses e hoje escrevo textos argumentativos, alguns com caráter mais reflexivo, poesias, dicas, etc.

A variedade aumentou, assim como as visualizações. Comecei a trabalhar com mais afinco nesse blog apenas no início desse ano, escrevendo mais, me dedicando mais. Tenho a felicidade de dizer que já vi alguns resultados muito bons, o que me alegra demasiadamente. Claro, não é um blog grande ainda, mas já se desenvolveu muito.

Desenvolvi algumas estratégias que me ajudaram a dar uma alavancada no blog. Pensando nessas estratégias, resolvi criar uma lista com algumas dicas que podem ajudar a dar uma turbinada em seu blog. Essas dicas são minhas experiências pessoais, o que eu fiz para tentar melhorar meu próprio blog. Estou certo de que muitos já podem ter conhecimento de alguma coisa que citarei, porém, outras podem ser ainda desconhecidas. Creio que são dicas que vão te ajudar. Ajudaram a mim e resolvi passar isso adiante. É sempre bom compartilhar experiências.

Confira as dicas: Continuar lendo “7 DICAS PARA TURBINAR SEU BLOG”

7 DICAS PARA TURBINAR SEU BLOG

MINHAS LEITURAS #30: MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA – MARX E ENGELS

Título: Manifesto do Partido Comunista
Autor: Karl Marx e Friedrich Engels
Editora: Penguin-Companhia das Letras
Ano: 2012
Páginas: 112
Tradução: Sergio Tellaroli
Veja o livro no site da editora: https://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=85058

“Que as classes dominantes tremam ante a revolução comunista. Os proletários nada mais têm perder com ela do que seus grilhões. Têm, sim, um mundo a ganhar. Proletários de todos os países, unam-se!” (MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. Penguin-Companhia das Letras, 2012, p. 83)

O século XIX foi um período de grande importância para o mundo. A partir desse período muita coisa mudou e as bases de nossa sociedade atual foram criadas. Houve muitos movimentos políticos, onde trabalhadores buscavam ter voz perante as decisões de seus países e por reformas nas condições de trabalho e salário. Uma das obras literárias de maior impacto nessa época foi o ‘Manifesto do Partido Comunista’. As ideias contidas nesse pequeno livro mudaram o rumo da história e a forma de se enxergar o mundo e as relações humanas. Amados por muitos, odiado por outros, possui conceitos que ainda são atuais, porém outros nem tanto. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #30: MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA – MARX E ENGELS”

MINHAS LEITURAS #30: MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA – MARX E ENGELS

RANKING DE JULHO

Pelo post estar um pouco atrasado, acho que já se pode imaginar certas coisas. O mês de julho terminou muito corrido e agosto começou mais corrido ainda! Isso se deve ao fato de minhas aulas terem reiniciado; adeus férias . 😭

Não consegui escrever este post para o primeiro dia desse longo mês de agosto. Bem, antes tarde do que nunca. Cá estou tentando resumir como foram os últimos 31 dias.

Foi possível descansar bastante. Apesar de eu ter um emprego e não estar de férias do mesmo, as férias da faculdade já ajudaram. Estudar cansa mais a mente do que o corpo, tanto pelo conteúdo a ser lido, quanto pela preocupação com prazos e desempenho. O desgaste mental é pior do que o físico, porque uma mente cansada significa um corpo cansado, por consequência. Acredito estar voltando renovado às aulas (é o que veremos). Preparei meu psicológico para aguentar mais dois bimestres de muito trabalho.

Mesmo descansando, não me desprendi do blog, pois é algo pelo qual peguei gosto. Gosto de fazer minhas postagens e ver o desempenho, que se manteve bom. Espero sempre estar melhorando a qualidade dos meus textos, sempre procurando evoluir. As leituras também continuaram no mesmo ritmo, e como está se tornando um costume, trago o ranking dos livros que li. É uma boa hora para obter algumas dicas de leitura. Quem sabe os títulos apresentados aqui não despertam em você uma curiosidade, daquelas que chegam a coçar. Continuar lendo “RANKING DE JULHO”

RANKING DE JULHO

MINHAS LEITURAS #29: CORALINE – NEIL GAIMAN

Título: Coraline
Autor: Neil Gaiman
Editora: Rocco
Ano: 2003
Páginas: 160
Tradução: Regina De Barros Carvalho
Veja o livro no site da editora: https://www.rocco.com.br/livro/?cod=380

“— Eu não quero tudo o que eu quiser. Ninguém quer. Não realmente. Que graça teria ter tudo o que se deseja? Em um piscar de olhos e sem o menor sentido. E daí?” (GAIMAN, Neil. Coraline. Rocco, 2003, p. 116)

Existem autores que nos surpreendem a cada livro. Até agora, só tive boas surpresas com Neil Gaiman. Ele já é um autor conhecido e está em alta, mais do que nunca, pois seu livro de maior sucesso — ‘Deuses americanos’ — foi adaptado em uma série.

Gaiman decidiu escrever uma história infantil, o que resultou em ‘Coraline’. Este é um livro de fantasia sombria, um pouco mais leve, pelo público ao qual é destinado. Entretanto, não é um livro tão infantil assim. Há muita coisa no livro que apenas um adulto poderá compreender. Veja um pouco mais sobre essa mudança de rumo que o autor tomou, resultando em um ótimo livro. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #29: CORALINE – NEIL GAIMAN”

MINHAS LEITURAS #29: CORALINE – NEIL GAIMAN

A HISTÓRIA DA ORIENTAÇÃO VOCACIONAL NO BRASIL

O texto a seguir foi parte de um trabalho que desenvolvi na faculdade, no meu curso de Psicologia. Foi um projeto de Orientação Vocacional executado em algumas escolas de Ensino Médio de minha cidade.

O processo de escolha de uma profissão é fundamental na vida de uma pessoa, pois, a partir dela, seu futuro será traçado. Geralmente essa escolha acontece na adolescência, um período de grande conflito e dúvidas. Muitos jovens encontram-se desorientados no meio de um turbilhão de cursos e carreiras disponíveis.

A visão e o conhecimento da Psicologia podem trazer diversos benefícios aos jovens que buscam conhecer melhor as profissões e a si mesmos. Trabalhando como facilitadores, os estagiários podem despertar novas ideias nesses adolescentes que estão em pleno momento de decisão. O trabalho com diálogos, debates de ideias e dinâmicas de grupo pode levantar questões e criar um ambiente para que esses alunos falem abertamente; um espaço que, muitas vezes, a família e a escola não proporcionam. Continuar lendo “A HISTÓRIA DA ORIENTAÇÃO VOCACIONAL NO BRASIL”

A HISTÓRIA DA ORIENTAÇÃO VOCACIONAL NO BRASIL

POEMA: DOR

Há uma semana, mais ou menos, eu estava sentindo muita dor, eu não estava bem. E uma ideia me surge de uma situação adversa, mais uma vez.

Quem é que nunca sentiu dor? Já nascemos com ela, ao respirar o ar que nossos pulmões não estavam acostumados a receber. Se trata de um sentimento que nos acompanha pelo resto da vida, ruim pois senti-la não é bom, mas ao mesmo tempo nos faz lembrar de que estamos vivos e devemos seguir em frente.

Gosto de ser engraçado e acredito possuir certa facilidade em criar algo que possa fazer rir. Por isso a primeira estrofe que criei foi a última, que parece um pouco boba até, mas que é divertira (eu acho). O resto foi se desenrolando ao me lembrar de situações em que a dor passou pela minha vida.

Foi um poema bom de se escrever, e espero que seja bom de ler. Espero que goste. Pode dizer o que achou nos comentários. Seja sincero. Continuar lendo “POEMA: DOR”

POEMA: DOR

MINHAS LEITURAS #28: MERIDIANO DE SANGUE – CORMAC MCCARTHY

Título: Meridiano de sangue
Autor: Cormac McCarthy
Editora: Alfaguara
Ano: 2009
Páginas: 352
Tradução: Cássio de Arantes Leite
Veja o livro no site da editora: Atualmente esgotado

“O homem que acredita que os segredos do mundo estão escondidos para sempre vive em mistério e medo. A superstição o arrasta para o fundo”. (MCCARTHY, Cormac. Meridiano de sangue. Alfaguara, 2009,  p. 210)

Assim como boa parte da história do mundo, a história da expansão territorial dos Estados Unidos foi marcada por episódios sangrentos e horríveis. Esse livro fala sobre a violência do Oeste no século XIX. É uma narrativa de estilo Western, misturando fatos históricos e ficção, com o estilo do autor. Um livro violento, de leitura pesada, porém que revela como a violência moldou o mundo. Afinal, conquistas territoriais nunca foram pacíficas. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #28: MERIDIANO DE SANGUE – CORMAC MCCARTHY”

MINHAS LEITURAS #28: MERIDIANO DE SANGUE – CORMAC MCCARTHY