Junho: muitos gols e muita literatura

Muitos aguardavam o mês de junho por causa da Copa do Mundo, eu queria que esse mês chegasse logo ao fim para ter férias da faculdade. Para quem desejava assistir aos jogos, a Copa até que está apresentando algumas partidas interessantes, principalmente agora, no mata-mata. Será que dessa vez o Brasil vai longe? Acho bem difícil, pela forma que o time vem jogando.

Aqueles que aguardavam as férias, finalmente poderão descansar, ter tempo para fazer o que bem entender. Junho é sempre um mês muito puxado para quem estuda, com as provas, trabalhos, estágio, etc. Esse é o momento de recuperar o fôlego, e deve ser bem aproveitado, afinal, um mês passa muito rápido.

Apesar de toda a correria desse mês (que marcou o início do inverno, mas sem o frio), foi possível continuar com as leituras e com as postagens em dia. Postei alguns textos sobre Psicologia, aproveitando tudo aquilo que venho estudando no estágio; vale a pena apresentar as diversas aplicações da Psicologia, os inúmeros campos de atuação. O conhecimento compartilhado é sempre muito mais valioso.

Como de costume, apresento o ranking mensal das leituras. Quem será o primeiro colocado dessa vez? Continuar lendo “Junho: muitos gols e muita literatura”

Anúncios
Junho: muitos gols e muita literatura

Maio paralisado

Para o Brasil, dentre tudo o que aconteceu no país em maio, o fato mais marcante foi a greve dos caminhoneiros, que paralisou diversos setores da economia. Um fato muito interessante este, pois evidencia a necessidade de uma reforma radical na política nacional. O Estado brasileiro é inchado, caro e ineficiente; independente de quem o governe, é necessário fazer cortes (começando pelos supersalários de parlamentares, juízes e etc.). Mas, quem disse que político pensa nisso? É mais fácil criar impostos, elevar os preços e as taxas, mas jamais eliminar regalias. Essa greve serve como uma boa reflexão para as eleições que estão por vir; seria interessante fugir de candidatos que estão “loucos no estatismo”.

Vou deixar o assunto polêmico de lado, não é esse o objetivo do post.

Ao contrário do Brasil, que parou, minhas leituras não pararam durante o mês de maio, continuando a todo vapor. Com exceção de ‘A assombração da Casa da Colina’, os livros que li são muito bons e de grande importância para a História e para a Literatura. Um deles, como você verá, é muito importante de ser lido em ano de eleições. Foram leituras bem distintas entre si, livros de gêneros e estilos bem diferentes.

Muita coisa parou em maio, mas, como a vida segue, sigo apresentando o ranking das leituras mensais. Preparado para a lista? Continuar lendo “Maio paralisado”

Maio paralisado

Abril trabalhoso

Aproveitando que hoje é o Dia do Trabalho, vou falar um pouco sobre como abril foi um mês trabalhoso. Digo isso em um bom sentido, muito trabalho para o blog, muitos livros lidos; foi possível trabalhar para trazer um conteúdo bacana.

Foi divertido conseguir manter a constância das postagens, apesar de ter muito trabalho com a faculdade e com o meu emprego. Por falar em faculdade, esse ano comecei a estagiar em um hospital, e, num lugar como esse, você vê muito trabalho, o tempo todo. É incrível a movimentação dentro de um hospital, onde sempre há algo acontecendo, um ambiente muito dinâmico. Quem observa de fora, não consegue ter a noção de como é trabalhar lá dentro. São trabalhadores que merecem todo nosso respeito, pois fornecem um serviço de extrema importância à população. Devemos valorizar nossos hospitais.

Nesse turbilhão todo, de trabalho, estágio e faculdade, ainda consegui ler e trazer as resenhas àqueles que acompanham o blog. Foi um bom número de leituras e de gêneros variados. Como de praxe, apresento o ranking das melhores leituras do mês. Aproveite o feriado e tire um tempo para a leitura, aqui você encontrará ótimas dicas! Continuar lendo “Abril trabalhoso”

Abril trabalhoso

Março: doce como chocolate

Já que hoje é Páscoa, dia de grande significado religioso, mas abocanhado pelo comércio de chocolate, aproveitarei esse fato para definir o meu mês de março: doce como chocolate.

Não que tenha sido melhor mês de minha vida, mas foi o melhor para o blog. Gostei do número de visitas, algo gratificante, a recompensa de todo o esforço investido (e não é pouco, é preciso quebrar a cabeça para trazer um conteúdo interessante, porém é algo que vale a pena e gosto de fazer). Espero que continue assim em abril!

Esse novo mês vai começar cheio de desafios: provas, estágio, trabalhos. Quem disse que o último ano da faculdade é fácil? Nunca imaginei que seria, e acabei não me surpreendendo tanto, só que não é nada mole! Cada ano (cada nível) tem sua dificuldade. Ainda bem que consigo enfrentar tudo isso, ao menos conto com as ferramentas necessárias para tentar.

Apesar de todas essas novidades aparecendo em meu caminho, ainda consegui tirar um tempo para manter as leituras em dia e trazer resenhas ao blog, que é o seu principal foco. E, como sempre, apresento o ranking com as melhores leituras do mês. Preparado para conhecer o vencedor de março? Continuar lendo “Março: doce como chocolate”

Março: doce como chocolate

E tudo começou, outra vez

Fevereiro, para quem é aluno/universitário, significa início de aulas. O começo é difícil, as férias nos deixam desacostumados, fora de forma. Mas, saber que esse é o meu último ano de faculdade me anima a continuar com força total (espero estar pensando assim daqui três meses).

Dizem que o ano começa após fevereiro; não sei. Sei que depois vem mais trabalho, até porque há como descansar um pouco em fevereiro, o mês do carnaval. Março significa estágio, a vida volta a ficar corrida.

O menor mês do ano trouxe boas leituras e bons índices para o blog, um bom início de ano. A frequência de postagens manteve-se, o conteúdo está bem diversificado, parece que está no caminho certo. Mas, falando em leitura, como virou costume por aqui, vamos ao ranking do mês de fevereiro. Tem alguma ideia de qual livro ficou em primeiro lugar? Continue lendo e descubra! Continuar lendo “E tudo começou, outra vez”

E tudo começou, outra vez

O primeiro mês já se foi

O ano começou e seu primeiro mês já se foi. Parece que o tempo passou depressa, mas é que isso acontece com os bons momentos. Por bons momentos, me refiro às férias da faculdade, que estão chegando ao fim. Voltar preparado é o mais importante, e consegui descansar em janeiro, sendo assim, não há sobre o que reclamar.

Para o blog, esse foi um mês incrível. Consegui muitas visitas e visualizações, houve um crescimento nesses números, o que me deixa feliz. As postagens mantiveram-se regulares e variadas (talvez eu precise escrever mais poemas). Um ótimo início de ano para o blog, espero continuar com essa pegada ao longo dos meses.

As leituras concluídas foram poucas. Decidi ler livros com muitas páginas, o que demanda mais tempo. Consegui ler dois livros. Iniciei a leitura de ‘Crime e castigo’, mas esse vai ficar para fevereiro. Poucos livros, porém muitas páginas e um grande aprendizado sobre Tolkien, que eu vinha lendo de maneira constante. Assim ficou o ranking de janeiro: Continuar lendo “O primeiro mês já se foi”

O primeiro mês já se foi

As melhores leituras de 2017

O ano de 2017 foi propício para minhas leituras. Consegui ler vários livros e escrever uma resenha para a maior parte deles. Foi a partir de ‘Marina’, livro de Carlos Ruiz Zafón, que passei a resenhar cada livro que eu lia. Ao todo, no ano passado, foram postadas quarenta e três resenhas no blog.

Ainda falando sobre 2017, desde junho monto um ranking com as melhores leituras do mês, quais dos livros lidos achei mais interessante, qual leitura foi mais prazerosa. Essa é uma ideia que pretendo carregar ao longo de 2018.

Chegou o momento de fazer um balanço e apresentar as dez melhores leituras de 2017! Não se trata de uma lista de melhores livros publicados nesse ano, mas sim os melhores dos quais li.

No meio de tanto livro bom, fica bem difícil escolher aqueles que mais gostei de ler. Porém, com muito cuidado escolhi as obras que irão compor essa lista.

Assim ficou a classificação: Continuar lendo “As melhores leituras de 2017”

As melhores leituras de 2017

As melhores transportadoras de 2017

Uma parte importante das compras online é a entrega. Além de vasta opção de produtos, bom atendimento e boas ofertas, um comércio eletrônico precisa de uma logística eficiente para as entregas. E as empresas de transporte que oferecem esse tipo de serviço são inúmeras.

Como não existe livrarias na cidade onde vivo (há alguns estabelecimentos que vendem livros, porém a um preço elevado e com poucas opções de títulos), costumo comprar livros pela internet. Os preços das lojas virtuais, mesmo de grandes nomes do mercado livreiro, oferecem preços muito mais baixos que suas versões físicas, sendo vantajosa a compra pelo site.

As opções que essas lojas utilizam para transportar a mercadoria até o consumidor são muitas; uma mesma loja utiliza o serviço de três transportadoras, a escolha de qual será utilizada dependerá de onde a pessoa que comprou vive. Já tive boas experiências com essas transportadoras, assim como algumas lamentáveis. Imagino que isso já tenha acontecido com muita gente, afinal é fácil encontrar reclamações sobre empresas de transporte no Google.

De acordo com minha experiência de compras online ao longo de 2017, resolvi ranquear as transportadoras com as quais mais tive contato. Assim ficou a classificação: Continuar lendo “As melhores transportadoras de 2017”

As melhores transportadoras de 2017

Últimos minutos de 2017

O último mês do ano de 2017 foi de descanso, mas também de muito trabalho. Mês de férias da faculdade, porém esse é o período mais puxado para quem trabalha no comércio, como eu, com esses horários especiais de final de ano.

Apesar disso, foi possível descansar, tanto o corpo, quanto a mente. Uma época cheia de festas. Nasci quase no dia de Natal, então os últimos dias de dezembro são cheios de comemorações.

Foram ótimos dias com a família, realmente “boas festas”. Por vários motivos, eu não poderia desejar um final de ano melhor. Acredito que entro em 2018 com energias renovadas e muito feliz, pronto para encarar mais um longo ano, que será o meu último na faculdade, então haverá muito trabalho nesse sentido.

Consegui completar algumas leituras e bater minha meta. O blog manteve uma boa audiência, mas é comum que ela caia um pouco nesse período no qual as pessoas estão de férias. Espero continuar com muitas postagens em 2018, trazendo um bom conteúdo. Mas, agora, o que trago é o ranking de leituras do mês de dezembro. Quem será o campeão? Continuar lendo “Últimos minutos de 2017”

Últimos minutos de 2017

O AGOSTO QUE PASSOU DEPRESSA

Chegamos aos meses “bros”, o que significa que o ano está a alguns passos de seu fim. É até meio assustador pensar nisso! Pode parecer clichê, ou conversa de velho, mas a sensação é a de que o ano começou ontem. Quando estamos sempre correndo, cheios de coisas para fazer, o tempo passa mais rápido, a tal da relatividade.

Minhas aulas recomeçaram há pouco tempo, e mais uma rodada de provas está batendo à porta (isso sim é aterrorizante!). Olha, se você deseja fazer algo, se possui algum plano, trate de executá-lo logo, caso deseje fazê-lo ainda em 2017. Muita gente diz que agosto é o mês do “desgosto”, por ser um mês longo (31 dias), sem nenhum feriado, entretanto, mal o vi passar dessa vez. O frio chegou rápido e foi embora tão rápido quanto; o calor já veio com força por aqui. Estou com a leve impressão de que os dias não foram suficientes. Acredito que isso seja positivo, pois quer dizer que agosto foi produtivo.

Para ser sincero, foi sim um mês muito produtivo. Agosto foi o mês com o maior número de visualizações até o momento. Devo isso a você que acompanha o blog todos os dias, a cada post (sei que há pessoas que gravaram os dias e os horários das postagens; um abraço a você!). Outro fator importante para o bom número de visualizações foi a Editora Martin Claret, que compartilhou meu post sobre o livro ‘Diário do subsolo’ no Facebook — livro editado pela mesma. Fiquei muito feliz com esse reconhecimento! 😊

A frequência de postagens se manteve. Foram diversos poemas e artigos em agosto. E claro, as leituras também estiveram presentes. Consegui ler quatro livros, quase todos clássicos da literatura. Um bom mês para as leituras.

Como faço em todo início de mês, apresento aqui o ranking das leituras. E aí, curioso para saber quem foi o campeão do mês? Continuar lendo “O AGOSTO QUE PASSOU DEPRESSA”

O AGOSTO QUE PASSOU DEPRESSA