Minhas Leituras #53: Sempre vivemos no castelo – Shirley Jackson

Título: Sempre vivemos no castelo
Autor: Shirley Jackson
Editora: Suma de Letras
Ano: 2017
Páginas: 200
Tradução: Débora Landsberg
Veja o livro no site da editora: https://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=28000407

“Meu nome é Mary Katherine Blackwood. Tenho dezoito anos e moro com minha irmã Constance. Volta e meia penso que se tivesse sorte teria nascido lobisomem, porque os dois dedos médios das minhas mãos são do mesmo tamanho, mas tenho de me contentar com o que tenho.” (JACKSON, Shirley. Sempre vivemos no castelo. Suma de Letras, 2017, p. 7)

Último livro publicado de uma das maiores escritoras estadunidenses do século XX, ‘Sempre vivemos no castelo’ apresenta uma trama confusa e aparentemente sem um sentido principal, porém, no meio dessa confusão toda, a obra aborda algumas questões delicadas, de maneira bem sutil. Continuar lendo “Minhas Leituras #53: Sempre vivemos no castelo – Shirley Jackson”

Anúncios
Minhas Leituras #53: Sempre vivemos no castelo – Shirley Jackson

Minhas Leituras #42: Medo clássico – Edgar Allan Poe

 

Título: Medo clássico, v. 1
Autor: Edgar Allan Poe
Editora: Darkside Books
Ano: 2017
Páginas: 384
Tradução: Marcia Heloisa
Veja o livro no site da editora: http://www.darksidebooks.com.br/edgar-allan-poe-medo-classico/

“Àqueles que sonham de dia, é dado a conhecer muito do que escapa aos que sonham apenas à noite”. (POE, Edgar Allan. Eleonora. In: Medo Clássico. Darkside Books, 2017, p. 263)

Inspiração para diversos autores, como H. P. Lovecraft, Stephen King e Neil Gaiman, Edgar Allan Poe ajudou a consolidar diversos gêneros literários e criou uma legião de leitores amantes do horror e do mistério. Dentre sua vasta produção de contos, a editora Darkside Books selecionou 15 e os organizou em uma bela edição, digna à importância desse grande autor. Continuar lendo “Minhas Leituras #42: Medo clássico – Edgar Allan Poe”

Minhas Leituras #42: Medo clássico – Edgar Allan Poe

Minhas Leituras #39: O sorriso da hiena – Gustavo Ávila

Título: O sorriso da hiena
Autor: Gustavo Ávila
Editora: Verus
Ano: 2017
Páginas: 266
Veja o livro no site da editora: http://www.record.com.br/livro_sinopse.asp?id_livro=29716

“— Pelo menos você está perguntando o que há de tão errado neste mundo. A maioria de nós não diz nada pra não correr o risco de se incriminar depois por ter tomado partido”. (ÁVILA, Gustavo. O sorriso da hiena. Verus Editora, 2017, p. 42)

O mercado editorial brasileiro está repleto de thrillers, histórias policiais, de suspense. Porém, a enorme maioria dos livros desse gênero, aqui publicados, são de origem internacional. Gustavo Ávila faz parte de uma nova safra de escritores nacionais que, aos poucos, estão mudando essa situação. Continuar lendo “Minhas Leituras #39: O sorriso da hiena – Gustavo Ávila”

Minhas Leituras #39: O sorriso da hiena – Gustavo Ávila

MINHAS LEITURAS #33: CONTOS, VOLUME 1 – H. P. LOVECRAFT

Título: Contos, volume 1
Autor: H. P. Lovecraft
Editora: Martin Claret
Ano: 2017
Páginas: 213
Tradução: Alda Porto; Lenita Maria Rimoli Esteves; Vilma Maria da Silva
Veja o livro no site da editora: http://martinclaret.com.br/livro/contos-h-p-lovecraft-volume-1/

“O máximo horror muitas vezes paralisa a memória de uma forma misericordiosa”. (LOVECRAFT, H. P.. Os ratos na parede. In: Contos, volume 1. Martin Claret, 2017, p. 115)

Quando se fala em literatura de terror, um nome que não podemos esquecer é o de Howard Phillips Lovecraft. Autor clássico do gênero, é uma inspiração para qualquer autor atual. Suas obras marcam um tipo de terror cósmico, de algo que vem de fora, que é estranho. Esta edição reúne dez contos de temáticas distintas, porém sempre com algo em comum: uma situação estranha e assustadora que envolve os protagonistas. Preparado para conhecer um pouco sobre o horror clássico? Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #33: CONTOS, VOLUME 1 – H. P. LOVECRAFT”

MINHAS LEITURAS #33: CONTOS, VOLUME 1 – H. P. LOVECRAFT

MINHAS LEITURAS #24: O MÉDICO E O MONSTRO – ROBERT LOUIS STEVENSON

Título: O médico e o monstro: o estranho caso do dr. Jekyll e sr. Hyde
Autor: Robert Louis Stevenson
Editora: Penguin-Companhia
Ano: 2015
Páginas: 160
Tradução: Jorio Dauster
Veja o livro no site da editora: https://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=85136

“Causei a mim próprio uma punição e um perigo que não posso revelar. Se sou o maior pecador, sou também o maior sofredor […]” (STEVENSON, Robert Louis. O médico e o monstro: o estranho caso do dr. Jekyll e sr. Hyde. Penguin-Companhia das Letras, 2015. p. 96)

Poucos livros conseguem se tornar ícones de um gênero literário. A obra de maior sucesso de Stevenson é lembrada até hoje, mais de cem anos após sua publicação original, em 1886. A grande maioria das pessoas já ouviu falar em ‘O médico e o monstro’, inspiração para diversos autores, livros, filmes e peças de teatro. Um clássico da literatura gótica e do horror, que vai muito além da intenção de espantar o leitor: é também uma leitura do homem e de seus desejos mais obscuros. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #24: O MÉDICO E O MONSTRO – ROBERT LOUIS STEVENSON”

MINHAS LEITURAS #24: O MÉDICO E O MONSTRO – ROBERT LOUIS STEVENSON

MINHAS LEITURAS #22: FANTASMAS DO SÉCULO XX – JOE HILL

Título: Fantasmas do século XX
Autor: Joe Hill
Editora: Sextante
Ano: 2008
Páginas: 288
Tradução: Fernanda Abreu
Veja o livro no site da editora: http://www.editoraarqueiro.com.br/livros/fantasmas-do-seculo-xx-esgotado/

Toda ficção era um faz-de-conta, o que tornava a fantasia mais válida (e mais honesta) do que o realismo. (HILL, Joe. Fantasmas do Século XX, Sextante, 2008. In: O melhor do novo horror, p. 24

A citação acima fala um pouco sobre o livro. Essa é uma coletânea com 17 contos do autor Joe Hill, seu primeiro livro publicado. Apesar do título remeter mais ao terror, pois nos faz pensar em fantasmas, não se trata de histórias aterrorizantes, que te deixarão com medo. O gênero fantasia é mais forte que o horror aqui. Temos uma ampla gama de estilos, temos uma história de fantasma, outra sobre sequestradores, sobre psicopatas com poderes especiais, sobre a vida em família, um escritor excêntrico; enfim, são contos bem diferentes uns dos outros, deixando o livro mais dinâmico, menos repetitivo. E, para quem não sabe, Joe Hill é filho de um autor muito famoso. Continue lendo e descubra mais sobre o autor e essa obra. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #22: FANTASMAS DO SÉCULO XX – JOE HILL”

MINHAS LEITURAS #22: FANTASMAS DO SÉCULO XX – JOE HILL

POEMA: SOBRE A ESCURIDÃO

Esse é um poema de 2012, escrito por um Alan mais jovem, fascinado por livros, histórias e jogos de terror. O resultado disso não poderia ser diferente, alguns versos sobre algo presente em qualquer boa prosa de horror: a escuridão.

A escuridão é um tema amplo, que pode ser explorado de diversas maneiras. Ninguém sabe o que se esconde na penumbra, quais criaturas se esgueiram por ela, os piores pesadelos que ela pode trazer. Enfim, nossa imaginação parece ganhar uma enorme força quando confrontada com a falta de luz. Ironicamente, a falta é o que dá luz à imaginação.

Deixo o aviso: tome cuidado com a escuridão, ela te observa, pode sentir seu medo. Continuar lendo “POEMA: SOBRE A ESCURIDÃO”

POEMA: SOBRE A ESCURIDÃO

MINHAS LEITURAS #15: CAÇANDO CARNEIROS – HARUKI MURAKAMI

Título: Caçando carneiros
Autor: Haruki Murakami
Editora: Alfaguara
Ano: 2014
Páginas: 336
Tradutora: Leiko Gotoda
Veja o livro no site da editora: http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=27623080

— As células se renovam a cada mês, até mesmo neste exato momento em que conversamos — disse ela estendendo a mão delicada diante dos meus olhos. — Quase tudo o que você pensa saber a meu respeito são apenas lembranças. (MURAKAMI, H. 2014, p. 183-184)

Esta obra, que é uma mistura de muitos gêneros, é o último livro da chamada “Trilogia do Rato”, além de ser o primeiro romance publicado do grande nome da literatura japonesa contemporânea, Haruki Murakami. Bem, essa é a parte final da trilogia, porém o livro “Dance dance dance” (Alfaguara, 2015), funciona como um quarto episódio, talvez como um epílogo; porém não é tão parte da trilogia por trazer apenas alguns personagens dos livros anteriores. Enfim, aparentemente é uma trilogia, que possui um quarto livro com uma certa conexão. “Caçando carneiros” segue a história do protagonista sem nome e de seu amigo, o Rato, apresentados nas histórias anteriores “Ouça a canção do vento & Pinball 1973” (Alfaguara, 2016). VEJA a resenha que fiz sobre essas duas novelas que foram publicadas em volume único aqui no Brasil. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #15: CAÇANDO CARNEIROS – HARUKI MURAKAMI”

MINHAS LEITURAS #15: CAÇANDO CARNEIROS – HARUKI MURAKAMI

MINHAS LEITURAS #12: JOYLAND – STEPHEN KING

Título: Joyland
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano: 2015
Páginas: 240
Veja o livro no site da editora: http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=28000024

Stephen King é um dos meus autores favoritos, já li vários de seus livros e tenho muitos outros que ainda estão na fila. Conhecido como “O Mestre das histórias de terror”, ultimamente tem escrito obras que fogem um pouco desse gênero que o consagrou como um dos maiores escritores dos Estados Unidos. Noto, também, que seus livros mais recentes possuem uma escrita em primeira pessoa. Joyland segue esse padrão “King mais maduro”. Foi publicado, originalmente, pela editora estadunidense Hard Case Crime, que publica crime fictions, ou seja, romances policiais (em uma tradução aproximada). A capa do livro traz a seguinte citação da revista Entertainment Weekly: “Uma das histórias mais bem escritas de King… Profunda, divertida, cheia de reviravoltas, despretensiosa e, por fim, arrasadoramente triste.”. Concordo em partes. Essa é, sim, uma das histórias mais bem escritas de King, o tempo só fez bem a sua habilidade, hoje ele é um escritor muito melhor do que 20 anos atrás. Posso concordar até com o restante, mas não com a parte das reviravoltas, só há uma nessa história, que fica até meio óbvia com o desenrolar do enredo. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #12: JOYLAND – STEPHEN KING”

MINHAS LEITURAS #12: JOYLAND – STEPHEN KING

MINHAS LEITURAS #10: UM PASSO EM FALSO – HARLAN COBEN

Título: Um Passo em Falso
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Ano: 2014
Páginas: 272
Veja o livro no site da editora: http://www.editoraarqueiro.com.br/series/passo-em-falso-um/

Os livros da série Myron Bolitar não seguem uma sequência, não exatamente. A história dos personagens principais é desenvolvida a cada livro, há um desenrolar dos fatos. Porém é possível ler um livro fora da ordem e mesmo assim compreende-lo. Cada livro apresenta uma história única, já que Myron é um agente esportivo que está sempre dando uma de detetive, ajudando seus clientes com problemas pessoais. Cada livro é um caso diferente. Entretanto, a vida dos protagonistas se desenvolve a cada nova edição, dessa forma alguma coisa sobre o enredo pode ficar confusa. Por isso recomendo iniciar a leitura do começo (), para que nenhuma informação seja perdida ou fique sem sentido. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #10: UM PASSO EM FALSO – HARLAN COBEN”

MINHAS LEITURAS #10: UM PASSO EM FALSO – HARLAN COBEN