Outubro corrido

Chegamos ao penúltimo mês do ano, por incrível que pareça, já estamos em novembro! No início de 2017, achava que não seria tão rápido, porém, sempre que nos aproximamos do fim, temos esse tipo de percepção, de que o tempo passou depressa. Entretanto, não acho que outubro passou tão rápido assim, nessa loucura que são as percepções, na minha, foi um tempo proporcional, nem rápido, nem devagar.

Posso dizer que foi um mês corrido, com muitos prazos e muitos trabalhos; todos sanados e cumpridos, para o bem do meu sossego. Escrevi dois trabalhos acadêmicos para serem apresentados em eventos, um na faculdade onde estudo, outro para ser apresentado em uma universidade de uma cidade próxima. Este último foi uma experiência boa e construtiva, eu não havia participado de um evento semelhante até então. A apresentação onde estudo será na próxima semana, a ansiedade bate, mas o trabalho já está feito, corrigido e entregue. No fim de tudo, é um sentimento muito bom o que fica, um misto de orgulho, dever cumprido e alegria. Continuar lendo “Outubro corrido”

Anúncios
Outubro corrido

5 livros infantis que todo adulto deveria conhecer

Existem diversos tipos de livros no mercado, um mundo de gêneros e subgêneros. Há sempre um que vai te agradar, afinal as editoras precisam de vendas, e, quanto mais diversificado for seu catálogo, um público mais amplo será atingido, aumentando as vendas como consequência.

Quando o autor escreve um livro, ele possui um público alvo em mente: será para crianças, adultos, adolescentes? Ele deve ter consciência disso, pois o tipo de linguagem utilizado para cada público é diferente. Não se utiliza as mesmas expressões de um livro adulto em um infantil; se isso ocorrer, as crianças não vão entender muita coisa da história.

Entretanto, existem autores muito inteligentes, que conseguem criar mundos e personagens que agradarão a quase todos. Mesmo que o livro seja destinado a crianças, um adulto também será capaz de apreciá-lo, pois há algo ali que chama sua atenção.

Há, também, aqueles autores que deixam algo nas entrelinhas, que apenas um adulto seria capaz de compreender. Pensando nisso, tendo em mente que 12 de outubro é o Dia das Crianças, apresento uma lista com 5 livros infantis capazes (e certamente irão) de agradar adultos. Mesmo que tenham sido escritos para crianças, esses livros apenas poderão ter seu conteúdo aproveitado ao máximo por um adulto, ou alguém mais instruído. Ah, e, principalmente, são livros que despertam a criança interior que reside dentro de cada um de nós. Continuar lendo “5 livros infantis que todo adulto deveria conhecer”

5 livros infantis que todo adulto deveria conhecer

Minhas Leituras #37: Fábulas – Esopo

Título: Fábulas
Autor: Esopo
Editora: Martin Claret
Ano: 2017
Páginas: 169
Tradução: Clara Crepaldi
Encontre este livro na Amazon: https://amzn.to/2xfttA7

“A fábula mostra que se você quer realmente viver sem perigo, não confie nos inimigos, confie nos amigos e os preserve”. (ESOPO. Os três bois e o leão. In: Fábulas. Martin Claret, 2017 p. 54)

Ao menos uma vez na vida todos nós já ouvimos uma fábula. Aquelas historinhas bem curtinhas, que trazem uma moral ao final. Se lembra? Um dos maiores e mais conhecidos fabulistas foi Esopo, autor grego do século VI a. C. A presente edição traz 358 fábulas, em uma edição muito bacana, traduzida diretamente do grego. Continuar lendo “Minhas Leituras #37: Fábulas – Esopo”

Minhas Leituras #37: Fábulas – Esopo

Minhas Leituras #35: O fantasma de Canterville e outros contos – Oscar Wilde

Título: O fantasma de Canterville e outros contos
Autor: Oscar Wilde
Editora: Nova Fronteira
Ano: 2017
Páginas: 160
Tradução: Otto Schneider
Encontre este livro na Amazon: https://amzn.to/2IXz2HQ

“Os atores são criaturas felizardas. Podem escolher entre representar uma tragédia ou uma comédia, decidir se vão sofrer ou divertir-se, rir ou chorar. A vida real, porém, é diferente. A maioria dos homens e das mulheres é forçada a representar papéis para os quais não têm pendor”. (WILDE, Oscar. O crime de Lorde Arthur Savile, In: O fantasma de Canterville e outros contos. Nova Fronteira, 2017, p. 57)

Raros são os autores que escrevem tão bem como Oscar Wilde escreveu, e muito mais raros são aqueles que conseguem se sair bem em diversos gêneros e estilos literários. Escreveu poemas, peças teatrais, um único romance e diversos contos; todos de qualidade exemplar. Este livro reúne alguns de seus contos mais conhecidos, em uma bela edição. Continuar lendo “Minhas Leituras #35: O fantasma de Canterville e outros contos – Oscar Wilde”

Minhas Leituras #35: O fantasma de Canterville e outros contos – Oscar Wilde