Minhas Leituras #38: A hora do lobisomem – Stephen King

Título: A hora do lobisomem
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano: 2017
Páginas: 152
Tradução: Regiane Winarski
Veja o livro no site da editora: https://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=28000431

“Cuidado com a Besta, pois ela pode sorrir e dizer que é sua vizinha, mas, ah irmãos, os dentes são afiados, e é possível perceber a inquietação no movimento dos olhos dela. Ela é a Besta e está aqui, agora, em Tarker’s Mills” (KING, Stephen. A hora do lobisomem. Suma de Letras, 2017, p. 48)

Ao longo de sua carreira, Stephen King já escreveu sobre quase todo tipo de monstro. Como o título indica, no presente livro ele vai nos contar uma história de lobisomem, uma criatura muito explorada na literatura e, principalmente, no cinema. A hora dele é aqui, e é agora! Preparado para enfrentar essa Besta devoradora de carne humana? Continuar lendo “Minhas Leituras #38: A hora do lobisomem – Stephen King”

Anúncios
Minhas Leituras #38: A hora do lobisomem – Stephen King

IT, A COISA – O LIVRO E O FILME

Na última sexta-feira, fui ao cinema assistir esse filme, que após várias mudanças de diretor e de projeto e uma grande campanha de marketing (ano passado havia uma onda de palhaços assassinos nos EUA, por exemplo), acabou gerando muita expectativa, se tornando o filme de terror mais aguardado do ano. Dirigido por Andy Muschietti, conhecido pelo filme ‘Mama’ (2013), e que, agora, passará a ser conhecido por ser o diretor de ‘It, a coisa’, de tão bom que o filme ficou.

O livro, uma das obras mais conhecidas e aclamadas de Stephen King é um calhamaço com mais de mil páginas e fora adaptado para uma minissérie de TV em 1991, porém nunca para o cinema, até então. Não sou a Ju Orosco, que faz grandes resenhas sobre filmes, porém vou deixar aqui minha impressão sobre o que assisti e, sendo um grande fã de King e por já ter lido a obra na qual a película se baseou, fazer uma comparação entre livro e filme. Continuar lendo “IT, A COISA – O LIVRO E O FILME”

IT, A COISA – O LIVRO E O FILME

MINHAS LEITURAS #28: MERIDIANO DE SANGUE – CORMAC MCCARTHY

Título: Meridiano de sangue
Autor: Cormac McCarthy
Editora: Alfaguara
Ano: 2009
Páginas: 352
Tradução: Cássio de Arantes Leite
Veja o livro no site da editora: Atualmente esgotado

“O homem que acredita que os segredos do mundo estão escondidos para sempre vive em mistério e medo. A superstição o arrasta para o fundo”. (MCCARTHY, Cormac. Meridiano de sangue. Alfaguara, 2009,  p. 210)

Assim como boa parte da história do mundo, a história da expansão territorial dos Estados Unidos foi marcada por episódios sangrentos e horríveis. Esse livro fala sobre a violência do Oeste no século XIX. É uma narrativa de estilo Western, misturando fatos históricos e ficção, com o estilo do autor. Um livro violento, de leitura pesada, porém que revela como a violência moldou o mundo. Afinal, conquistas territoriais nunca foram pacíficas. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #28: MERIDIANO DE SANGUE – CORMAC MCCARTHY”

MINHAS LEITURAS #28: MERIDIANO DE SANGUE – CORMAC MCCARTHY

MINHAS LEITURAS #27: O SOL É PARA TODOS – HARPER LEE

Título: O Sol é para todos
Autor: Harper Lee
Editora: José Olympio
Ano: 2015
Páginas: 364
Tradução: Beatriz Horta
Veja o livro no site da editora: http://www.record.com.br/livro_sinopse.asp?id_livro=28725

“Você só consegue entender uma pessoa de verdade quando vê as coisas do ponto de vista dela”. (LEE, Harper. O Sol é para todos. José Olympio, 2015, p. 43)

Poucos livros conseguem descrever um momento histórico de maneira tão precisa. Harper Lee conseguiu. ‘O Sol é para todos’ consegue transmitir de maneira muito clara como era a sociedade do Sul dos Estados Unidos na década de 1930. Racismo, conservadorismo, coerção social, tudo está presente nesse livro. E melhor de tudo: é uma prosa gostosa e muito fácil de ler. Uma obra que aborda um tema pesado de maneira inteligente e interessante. Que tal conhecer um pouco mais sobre essa autora e seu livro, considerado um dos melhores romances de seu país? Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #27: O SOL É PARA TODOS – HARPER LEE”

MINHAS LEITURAS #27: O SOL É PARA TODOS – HARPER LEE

MINHAS LEITURAS #22: FANTASMAS DO SÉCULO XX – JOE HILL

Título: Fantasmas do século XX
Autor: Joe Hill
Editora: Sextante
Ano: 2008
Páginas: 288
Tradução: Fernanda Abreu
Veja o livro no site da editora: http://www.editoraarqueiro.com.br/livros/fantasmas-do-seculo-xx-esgotado/

Toda ficção era um faz-de-conta, o que tornava a fantasia mais válida (e mais honesta) do que o realismo. (HILL, Joe. Fantasmas do Século XX, Sextante, 2008. In: O melhor do novo horror, p. 24

A citação acima fala um pouco sobre o livro. Essa é uma coletânea com 17 contos do autor Joe Hill, seu primeiro livro publicado. Apesar do título remeter mais ao terror, pois nos faz pensar em fantasmas, não se trata de histórias aterrorizantes, que te deixarão com medo. O gênero fantasia é mais forte que o horror aqui. Temos uma ampla gama de estilos, temos uma história de fantasma, outra sobre sequestradores, sobre psicopatas com poderes especiais, sobre a vida em família, um escritor excêntrico; enfim, são contos bem diferentes uns dos outros, deixando o livro mais dinâmico, menos repetitivo. E, para quem não sabe, Joe Hill é filho de um autor muito famoso. Continue lendo e descubra mais sobre o autor e essa obra. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #22: FANTASMAS DO SÉCULO XX – JOE HILL”

MINHAS LEITURAS #22: FANTASMAS DO SÉCULO XX – JOE HILL

MINHAS LEITURAS #21: ROSTO DE CAVEIRA, OS FILHOS DA NOITE E OUTROS CONTOS – ROBERT E. HOWARD

Título: Rosto de caveira, os filhos da noite e outros contos
Autor: Robert E. Howard
Editora: Martin Claret
Ano: 2013
Páginas: 306
Tradução: Bárbara Guimarães
Veja o livro no site da editora: http://www.martinclaret.com.br/index.php/rosto-de-caveira-os-filhos-da-noite-e-outros-contos/

Eu passei a acreditar que a humanidade flutua sobre as margens de oceanos secretos dos quais não tem nenhum conhecimento. HOWARD, Robert E. Rosto de caveira, os filhos da noite e outros contos. Martin Claret, 2013. In: Na floresta de Villefore, p. 176-177.

A polêmica editora Martin Claret, após sofrer acusações e processos por conta de plágio em suas traduções, o que ocasionou no fracasso da venda de partes de suas ações à Objetiva, em 2007, resolveu se redimir e investir em obras clássicas, de domínio público, com traduções próprias. Pode-se notar, hoje, uma grande quantidade de livros da editora nas lojas, tanto físicas quanto virtuais, em edições caprichadas e com preços acessíveis. Buscando a atenção do público mais jovem, trouxe ao Brasil uma coletânea com algumas histórias de Robert E. Howard, um dos maiores escritores de fantasia e terror dos EUA, que fez grande sucesso nas décadas de 1920 e 1930. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #21: ROSTO DE CAVEIRA, OS FILHOS DA NOITE E OUTROS CONTOS – ROBERT E. HOWARD”

MINHAS LEITURAS #21: ROSTO DE CAVEIRA, OS FILHOS DA NOITE E OUTROS CONTOS – ROBERT E. HOWARD

MINHAS LEITURAS #20: CAIXA DE PÁSSAROS – JOSH MALERMAN

Título: Caixa de pássaros
Autor: Josh Malerman
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
Páginas: 272
Tradução: Carolina Selvatici
Veja o livro no site da editora: http://www.intrinseca.com.br/livro/460/

Num mundo onde não podemos abrir os olhos, uma venda não é tudo que temos para nos defender? (MALERMAN, Josh. Caixa de pássaros. Intrínseca, 2015, p. 93)

A editora Intrínseca trouxe para o Brasil, em 2015, o livro de estreia do autor Josh Malerman, que é vocalista da banda The High Strung, além de escritor. Seu primeiro livro fez um sucesso estrondoso nos EUA, em 2014, sendo considerado um dos melhores livros do ano, recebendo muitos elogios e críticas positivas dos mais diversos sites especializados. A revista Publishers Weekly afirmou que fãs de Stephen King iriam adorar a obra de Malerman. Com tantos pontos positivos assim, com todo esse hype, espera-se um livro incrível, marcante. Porém o que se encontra é um suspense mediano, uma ideia muito boa, mas pouco desenvolvida; muito longe de ser comparado a Stephen King. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #20: CAIXA DE PÁSSAROS – JOSH MALERMAN”

MINHAS LEITURAS #20: CAIXA DE PÁSSAROS – JOSH MALERMAN

5 LIVROS PARA GOSTAR DE STEPHEN KING

Stephen King é um dos autores que mais venderam livros no mundo, suas obras foram traduzidas para diversos idiomas e foram adaptadas para o cinema, para a TV, para o teatro, enfim, suas obras foram adaptadas até para o impensável. Além de diversos prêmios literários, recebeu também o título de Mestre do Terror, já que obteve fama com suas histórias macabras e pelos filmes que derivaram delas, principalmente na década de 1980. Por mais que ele consiga criar histórias aterrorizantes, King é um escritor que consegue descrever o pior lado do ser humano, é capaz de fazer uma boa leitura da personalidade, mostrando que, muitas vezes, nós mesmos somos os monstros.

Sua longa carreira na arte da escrita rendeu dezenas de livros, é um autor que não para de publicar, estando sempre ativo. Chegou a criar um pseudônimo (Richard Bachman) para publicar mais livros por ano, já que os editores temiam que mais de um livro por ano saturaria o nome do escritor. Claro que isso não aconteceu e, geralmente, há duas publicações anuais do velho tio King. Isso demonstra a qualidade de sua escrita e o carinho de seus fãs.

Com tantas obras publicadas, é mais do que claro que ele não se ateve apenas ao gênero terror, escrevendo histórias dos mais variados gêneros, como suspense, policial, ficção científica, histórias de amor; porém uma pontada do sobrenatural está presente em todos os seus livros, uma característica do Mestre. E dentre essa biblioteca de um autor só, é muito difícil escolher os melhores, ou os favoritos. Selecionei cinco de seus livros que considero ideais para se iniciar no universo de Stephen King. São livros muito bons, que vão fazer você gostar do autor e querer conhecer mais sobre o seu trabalho. Bem, ao menos é o que imagino, espero estar certo!

Sem mais delongas, confira agora 5 livros para gostar de Stephen King:

Continuar lendo “5 LIVROS PARA GOSTAR DE STEPHEN KING”

5 LIVROS PARA GOSTAR DE STEPHEN KING

MINHAS LEITURAS #19: AS AVENTURAS DE HUCKLEBERRY FINN – MARK TWAIN

Título: As aventuras de Huckleberry Finn
Autor: Mark Twain
Editora: L&PM Pocket
Ano: 2011
Páginas: 320
Tradução: Rosaura Eichenberg
Veja o livro no site da editora: http://www.lpm.com.br/site/default.asp?Template=../livros/layout_produto.asp&CategoriaID=725462&ID=517253

É assim com algumas pessoas. Elas pegam birra com alguma coisa mesmo sem saber nada sobre a coisa. (TWAIN, Mark. As aventuras de Huckleberry Finn. L&PM Pocket, 2011, p. 12)

‘As aventuras de Huckleberry Finn’ é considerada a obra-prima de Mark Twain, um dos grandes nomes da literatura estadunidense e um dos fundadores das Letras daquele país. É um livro citado por muitos autores, lido e estudado até hoje. Com uma narrativa rápida, o autor escreve sobre os EUA dos meados do século XIX, antes da guerra civil, e sobre a sociedade escravocrata. Por tratar sobre esse tema, é uma obra muito polêmica, tanto agora, como na época em que foi publicada. Conheça um pouco sobre esse autor e sobre um livro considerado um clássico de seu país.

Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #19: AS AVENTURAS DE HUCKLEBERRY FINN – MARK TWAIN”

MINHAS LEITURAS #19: AS AVENTURAS DE HUCKLEBERRY FINN – MARK TWAIN

MINHAS LEITURAS #9: O GRANDE GATSBY – F. SCOTT FITZGERALD

Título: O Grande Gatsby
Autor: F. Scott Fitzgerald
Editora: Penguin-Companhia
Ano: 2011
Páginas: 256
Veja o livro no site da editora: http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=85026

Escrever sobre um livro tão prestigiado e reconhecido não é uma tarefa fácil. O Grande Gatsby influenciou diversos autores ao redor do mundo e é estudado por muitos linguistas. Não se trata de apenas mais um livro, F. Scott Fitzgerald escreveu cada aspecto dessa obra de uma forma que trouxesse um significado a mais, algo por trás do que está escrito, algo além das ações das personagens, da história em si. Por isso muitos estudiosos se dedicam a esmiuçar cada palavra e descobrir o que o autor queria dizer com aquilo. Talvez seja por isso, e outros motivos certamente, que essa é uma obra cultuada até hoje. Dessa forma, por não ser um pesquisador da literatura e não possuir tais habilidades, essa análise parte do ponto de vista do leitor comum. Aquele amigo que já leu o livro e você lhe pede sua opinião antes de compra-lo. Continuar lendo “MINHAS LEITURAS #9: O GRANDE GATSBY – F. SCOTT FITZGERALD”

MINHAS LEITURAS #9: O GRANDE GATSBY – F. SCOTT FITZGERALD