Abril trabalhoso

Aproveitando que hoje é o Dia do Trabalho, vou falar um pouco sobre como abril foi um mês trabalhoso. Digo isso em um bom sentido, muito trabalho para o blog, muitos livros lidos; foi possível trabalhar para trazer um conteúdo bacana.

Foi divertido conseguir manter a constância das postagens, apesar de ter muito trabalho com a faculdade e com o meu emprego. Por falar em faculdade, esse ano comecei a estagiar em um hospital, e, num lugar como esse, você vê muito trabalho, o tempo todo. É incrível a movimentação dentro de um hospital, onde sempre há algo acontecendo, um ambiente muito dinâmico. Quem observa de fora, não consegue ter a noção de como é trabalhar lá dentro. São trabalhadores que merecem todo nosso respeito, pois fornecem um serviço de extrema importância à população. Devemos valorizar nossos hospitais.

Nesse turbilhão todo, de trabalho, estágio e faculdade, ainda consegui ler e trazer as resenhas àqueles que acompanham o blog. Foi um bom número de leituras e de gêneros variados. Como de praxe, apresento o ranking das melhores leituras do mês. Aproveite o feriado e tire um tempo para a leitura, aqui você encontrará ótimas dicas! Continuar lendo “Abril trabalhoso”

Anúncios
Abril trabalhoso

Citações #5

E por essas estradas, compostas por milhares de letras, às vezes a viagem me apresenta algumas surpresas. Como um grande outdoor, daqueles que não passam despercebidos, certas passagens surgem no horizonte. É preciso até parar o carro para poder observar melhor, contemplar a beleza da criação do artista.

Pelas estradas do mundo da Literatura eu gosto de viajar. No último mês fiz um tour por quatro países diferentes; países bem distintos, tanto em cultura, quanto por sua população e modos de compreender o mundo.

Como todo bom turista, gosto de registrar as belezas dos locais que visito. Acredito que consegui capturar as melhores paisagens. Claro, essa é minha opinião. Talvez, quando visitar esses países, você tenha uma impressão diferente, talvez se encante com outros cenários.

Agora deixe-me compartilhar contigo o álbum de minhas últimas aventuras. Espero que goste desses humildes registros! Continuar lendo “Citações #5”

Citações #5

Março: doce como chocolate

Já que hoje é Páscoa, dia de grande significado religioso, mas abocanhado pelo comércio de chocolate, aproveitarei esse fato para definir o meu mês de março: doce como chocolate.

Não que tenha sido melhor mês de minha vida, mas foi o melhor para o blog. Gostei do número de visitas, algo gratificante, a recompensa de todo o esforço investido (e não é pouco, é preciso quebrar a cabeça para trazer um conteúdo interessante, porém é algo que vale a pena e gosto de fazer). Espero que continue assim em abril!

Esse novo mês vai começar cheio de desafios: provas, estágio, trabalhos. Quem disse que o último ano da faculdade é fácil? Nunca imaginei que seria, e acabei não me surpreendendo tanto, só que não é nada mole! Cada ano (cada nível) tem sua dificuldade. Ainda bem que consigo enfrentar tudo isso, ao menos conto com as ferramentas necessárias para tentar.

Apesar de todas essas novidades aparecendo em meu caminho, ainda consegui tirar um tempo para manter as leituras em dia e trazer resenhas ao blog, que é o seu principal foco. E, como sempre, apresento o ranking com as melhores leituras do mês. Preparado para conhecer o vencedor de março? Continuar lendo “Março: doce como chocolate”

Março: doce como chocolate

Músicas que me inspiram: o bom e velho rock ‘n’ roll

Falando sobre gosto musical, me considero uma pessoa eclética, ouço músicas dos mais variados gêneros. Entretanto, o rock tem um lugar especial; se eu tivesse que selecionar um único gênero como meu favorito, sem dúvida seria o rock. Essa amizade vem desde que eu era criança, ficando ainda mais forte na minha adolescência.

Quando escrevo, às vezes prefiro o total silêncio, para me concentrar melhor naquilo que quero dizer com o texto. Porém, há momentos onde gosto de escrever acompanhado de uma boa música, ou também na hora de revisar o que acabei de escrever. E, na maior parte do tempo, a trilha sonora é composta por rock’n’roll, principalmente os clássicos, mais antigos.

Assim como na literatura, os clássicos contam com uma importância em especial, sendo grandes fontes de inspiração e história, além, é claro, de toda nostalgia que carregam. Não há como comparar o rock de hoje com o de trinta, quarenta anos atrás. As coisas ficaram bem diferentes, e de um jeito não muito alegre. Muitas bandas, hoje, produzem boas músicas, mas antigamente havia mais paixão, mais atitude; sei lá, os caras eram diferenciados.

Selecionei algumas músicas, das quais gosto bastante, para você entender o que quero dizer, como o rock clássico (ou antigo) é algo diferente e ainda causa o mesmo impacto de antigamente. Não se trata de músicas desconhecidas, talvez você conheça algumas delas e, se esse for o caso, aproveite para redescobri-las. Mas, se for uma música que você desconheça, essa é uma boa oportunidade para conhecer ótimas canções. Continuar lendo “Músicas que me inspiram: o bom e velho rock ‘n’ roll”

Músicas que me inspiram: o bom e velho rock ‘n’ roll

5 motivos para ler clássicos

Dentre tantos tipos, tantos gêneros de literatura existentes, não é todo mundo que citará a literatura clássica como um de seus favoritos. De certa forma é compreensível. Gostamos de coisas atuais, que tenham mais a ver com nossa realidade, mais comum ao nosso tempo. Ademais, aprendemos que clássicos são aversivos por sermos “obrigados” a lê-los na escola. Acredito que aí esteja o principal erro: a forma como esses livros nos são apresentados.

Que tal rever seus conceitos acerca dos clássicos? Esse tipo de livro não é nenhum bicho de sete cabeças, nem são tão complicados como muitos fazem imaginar. Deixe-me mostrar como esse gênero pode ser muito divertido e agradável. Vou lhe apresentar cinco motivos pelos quais você deve dar uma chance aos clássicos! Continuar lendo “5 motivos para ler clássicos”

5 motivos para ler clássicos

E tudo começou, outra vez

Fevereiro, para quem é aluno/universitário, significa início de aulas. O começo é difícil, as férias nos deixam desacostumados, fora de forma. Mas, saber que esse é o meu último ano de faculdade me anima a continuar com força total (espero estar pensando assim daqui três meses).

Dizem que o ano começa após fevereiro; não sei. Sei que depois vem mais trabalho, até porque há como descansar um pouco em fevereiro, o mês do carnaval. Março significa estágio, a vida volta a ficar corrida.

O menor mês do ano trouxe boas leituras e bons índices para o blog, um bom início de ano. A frequência de postagens manteve-se, o conteúdo está bem diversificado, parece que está no caminho certo. Mas, falando em leitura, como virou costume por aqui, vamos ao ranking do mês de fevereiro. Tem alguma ideia de qual livro ficou em primeiro lugar? Continue lendo e descubra! Continuar lendo “E tudo começou, outra vez”

E tudo começou, outra vez

7 Dúvidas comuns sobre uma psicoterapia

Questões que envolvem nossa saúde sempre geram dúvidas e curiosidades. Antes de visitar um profissional da área, nossa cabeça ferve com tantas perguntas, angústias e rola aquela ansiedade, um frio na barriga.

Não seria estranho se isso acontecesse quando decidimos iniciar uma psicoterapia. Temos dúvidas sobre qual profissional escolher, sobre como será o atendimento, quanto tempo durará. Como uma psicoterapia envolve certa intimidade entre cliente e psicólogo, é comum que ocorra certos receios.

A fim desmistificar algumas questões e esclarecer dúvidas, elaborei esse post, respondendo a dúvidas muito comuns sobre uma psicoterapia. Você quer procurar um psicólogo, mas está com receio? Continue lendo e tire a pulga de trás da orelha. Ou as pulgas! Continuar lendo “7 Dúvidas comuns sobre uma psicoterapia”

7 Dúvidas comuns sobre uma psicoterapia

Citações: Especial J. R. R. Tolkien

Continuando as postagens sobre citações de livros que já li, hoje apresento um post especial, contendo apenas trechos de livros de J. R. R. Tolkien, o Mestre da fantasia e pai de ‘O Senhor dos Anéis’.

Li alguns de seus livros em sequência (foram cinco no total) e há passagens muito bonitas e interessantes no decorrer dessas obras, muitas até mesmo filosóficas. Isso mostra que a literatura fantástica pode nos ensinar, além de entreter nossa imaginação, e temos aqui bons exemplos disso.

A intenção com esse post é aguçar a curiosidade para a leitura, quem sabe fazer surgir novos leitores de Tolkien. Você pode utilizar e compartilhar essas imagens à vontade, sinta-se livre para isso!

Clique nas imagens para ampliá-las: Continuar lendo “Citações: Especial J. R. R. Tolkien”

Citações: Especial J. R. R. Tolkien

O primeiro mês já se foi

O ano começou e seu primeiro mês já se foi. Parece que o tempo passou depressa, mas é que isso acontece com os bons momentos. Por bons momentos, me refiro às férias da faculdade, que estão chegando ao fim. Voltar preparado é o mais importante, e consegui descansar em janeiro, sendo assim, não há sobre o que reclamar.

Para o blog, esse foi um mês incrível. Consegui muitas visitas e visualizações, houve um crescimento nesses números, o que me deixa feliz. As postagens mantiveram-se regulares e variadas (talvez eu precise escrever mais poemas). Um ótimo início de ano para o blog, espero continuar com essa pegada ao longo dos meses.

As leituras concluídas foram poucas. Decidi ler livros com muitas páginas, o que demanda mais tempo. Consegui ler dois livros. Iniciei a leitura de ‘Crime e castigo’, mas esse vai ficar para fevereiro. Poucos livros, porém muitas páginas e um grande aprendizado sobre Tolkien, que eu vinha lendo de maneira constante. Assim ficou o ranking de janeiro: Continuar lendo “O primeiro mês já se foi”

O primeiro mês já se foi

5 livros ‘diferentões’

O livro é um objeto que não tem muito segredo: é um produto feito, simplesmente, de papel e tinta. Os formatos podem variar: capa dura, brochura, com orelha, sem orelha, edição de bolso, página em papel branco, off-white. Como eu disse, não há muito segredo, os livros seguem um padrão e são quase todos iguais (esteticamente).

Fugir do padrão é bom e os marqueteiros sempre procuram se reinventar. Um livro é um produto, que visa o lucro e, para isso, precisa ser vendido. Muitas editoras têm investido pesado em marketing, e esse investimento se reflete em seus produtos.

Existem muitos livros que fogem do padrão, por detalhes às vezes mínimos, mas que podem fazer muita diferença numa prateleira, na hora de chamar a atenção do consumidor. Como consequência, tornam-se itens curiosos para quem é apaixonado pela literatura.

Sendo assim, apresento alguns exemplos de livros “diferentões”, com alguma característica não muito comum. Veja só que edições curiosas: Continuar lendo “5 livros ‘diferentões’”

5 livros ‘diferentões’