POEMA: DOR

Há uma semana, mais ou menos, eu estava sentindo muita dor, eu não estava bem. E uma ideia me surge de uma situação adversa, mais uma vez.

Quem é que nunca sentiu dor? Já nascemos com ela, ao respirar o ar que nossos pulmões não estavam acostumados a receber. Se trata de um sentimento que nos acompanha pelo resto da vida, ruim pois senti-la não é bom, mas ao mesmo tempo nos faz lembrar de que estamos vivos e devemos seguir em frente.

Gosto de ser engraçado e acredito possuir certa facilidade em criar algo que possa fazer rir. Por isso a primeira estrofe que criei foi a última, que parece um pouco boba até, mas que é divertira (eu acho). O resto foi se desenrolando ao me lembrar de situações em que a dor passou pela minha vida.

Foi um poema bom de se escrever, e espero que seja bom de ler. Espero que goste. Pode dizer o que achou nos comentários. Seja sincero.


Dor

Eis o sentimento que ninguém quer por perto,
que ocorre quando algo não está certo.
Mas uma vida só de prazer seria insana,
não há como o ser humano suportar o nirvana.

Pensando bem a dor tem um papel brilhante.
Na evolução foi importante.
Graças a ela fico relutante,
de mergulhar em águas escaldantes.

Quanto mais fracos somos, mais ela se agiganta,
e tentar lutar não adianta.
O que resta é sua presença aceitar,
e se comprometer a ela superar.

Dor de um grande amor,
dor de quem guarda rancor.
Sentimento de várias facetas,
golpeia com a força de mil marretas,
me assusta com suas caretas.

Você aparece na briga do casal,
ou numa discussão banal.
Porém não digo que você é mau,
pois o homem às vezes age como um animal,
o mais puro mal.

Te encontrei na morte de um ente,
E naquela vez em que fiquei doente.
Já se hospedou no meu dente,
Mas o pior foi quando visitou a minha mente.

Dor que aflige o coração,
quando bate a paixão.
Dor que maltrata o dedão,
quando na quina dou um tropeção.
Te aguentar não é mole não!

Alan Martins

poema_dor
Imagem por Freestocks (editado). Publicada sob Licença CC0 Domínio Público. Disponível em: https://www.pexels.com/photo/man-wearing-polo-shirt-holding-left-chest-128597/.

»»»Veja outros poemas de minha autoria«««


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Anúncios
POEMA: DOR

31 comentários sobre “POEMA: DOR

  1. Sim,suas ideias são incríveis,vc sabe fazer do limão uma limonada,suas palavras mostraram isso.Mas descanse.A gente pode até tentar aguentar a dor o máximo que dá,mas que é chato,ah,isso é.Tem horas que devemos diminuir o ritmo e nos cuidar,para podermos voltar e continuar na luta.

    Curtido por 2 pessoas

    1. Fico muito feliz com os seus comentários. Muito obrigado!
      A dor que inspirou esse poema não acredito que tenha sido causada por falta de descanso, foi algo casual. Mas, com toda certeza é importante descansar, só trabalhar é um fator muito determinante para o aparecimento de dores, estresse e doenças. Concordo também que preciso de descanso, quero férias logo!
      Abraço.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Aquela frase que aparece na televisão:”Se persistirem os sintomas,o médico deverá ser procurado”.Se cuide,amigo.Por favor,não me leve a mal,não.Não quero ser nenhum urubu,é só preocupação de amizade.Mas vc de uma tem um conhecimento maior nessa área da saúde,pelo que vc estuda,de alguma forma pode fazer uma análise do corpo,mesmo que não aja específicamente com o corpo,mas tem um conhecimento também nessa área,o o psicológico e o corpo andam juntos,né?Então,fico mais tranquila que vc sabe cuidar melhor de si e ver o grau da dor.Tudo bem,tire férias,mas não esqueça de nós,amigos de fé virtuais!Fé no bem,nas coisas boas.

        Curtido por 2 pessoas

  2. Como a morte, inevitável. Todavia, também dela ou mesmo com ela a critividade pode fazer um poema, por exemplo. A vida sempre é sábia, nós é que às vezes ou quase sempre viramos as costas a sua sabedoria. Està muito bom o poema e desejo que a dor tenha dado trégua. Abraço, Alan.

    Curtido por 4 pessoas

    1. Vejo sempre em suas fotografias que você busca a sabedoria dos momentos em que usa a câmera, aproveita as oportunidades de registra seu sentimento ao avistar determinado local. E você tem toda razão. Muito obrigado pelas sábias palavras.

      Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s